Coração Azul: Sejusc inicia ações de conscientização contra o tráfico de pessoas


  • Compartilhar com:
  • Whatsapp
  • Email

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), inicia nesta quinta-feira (22/07), a campanha Coração Azul de conscientização contra o tráfico de pessoas, em parceria com diversas instituições da capital.

A campanha é executada pela Gerência de Migração, Refúgio, Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas e Trabalho Escravo (GMIG), vinculada à Secretaria Executiva de Direitos Humanos (SEDH) da Sejusc.

A secretária Mirtes Salles, titular da Sejusc, ressalta a importância de trazer o debate sobre o sofrimento vivido pelas pessoas traficadas, além de conscientizar a população sobre o crime.

“A campanha é voltada para uma triste realidade, a sociedade necessita saber mais a fundo sobre essa prática tão desumana e criminosa. É de extrema importância conscientizar todos. E o Governo do Estado contribui firmemente para o aumento de informação e proteção dessas vítimas”, disse.

O gerente da pasta de Migração da Sejusc, Giovanni Miranda, explica que esse crime acontece por meio de promessas, ameaças, levando até a remoção de órgãos e reforça a importância dessa campanha.

“Isso acontece quando os traficantes se aproveitam das situações de vulnerabilidade. Com a promessa de uma vida melhor, eles acabam inserindo essas vítimas na rede criminosa, por isso é tão importante para a gente da Sejusc realizar a semana de mobilização para o enfrentamento do tráfico de pessoas, ampliando o conhecimento em prol do tema e fazendo que a população entenda que o tráfico de pessoas não é uma lenda”, afirmou.

Programação 

A agenda para este mês começa no dia 22 de julho, a partir das 16h, no Casarão das Ideias, no Centro de Manaus, onde será apresentado o documentário “Bolishopping”, sobre o combate ao tráfico de pessoas. O mesmo filme será exibido no dia 23, a partir das 7h, no Cras Iranduba, e no dia 26, a partir das 17h, no Consulado Colombiano, Parque Dez, zona centro-sul.

No dia 27, terá uma roda de conversa sobre a realidade do tráfico de pessoas em Manaus, a partir das 8h, no Casarão da Inovação Cassina, no Centro Histórico da capital.

No dia 28, abordagem performática, pela manhã, a partir das 8h, e à tarde, a partir das 14h, no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, zona oeste.

No dia 29, abordagem educativa no Terminal Rodoviário de Manaus, a partir das 8h. Para encerrar, no dia 30, terá uma abordagem educativa, a partir das 18h30, no Teatro Amazonas, no Centro, com vídeo institucional e iluminação em azul do monumento.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ARAPUCA – Websérie amazonense com estreia para este mês

ARAPUCA – Websérie amazonense com estreia para ...


Linhas de ônibus da zona Norte passam por mudanças nesta semana

Linhas de ônibus da zona Norte passam por mudanç...


Prefeitura oferta 375 vagas de emprego nesta terça-feira, 3/8

Prefeitura oferta 375 vagas de emprego nesta terç...


Homem de 100 anos será julgado por crimes nazistas

Homem de 100 anos será julgado por crimes nazista...