Presidente deve vetar 'Fundão' Eleitoral aprovado por Ramos


  • Compartilhar com:
  • Whatsapp
  • Email

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse que irá vetar o  novo fundo eleitoral de R$ 5,7 bilhões, incluído na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2022, pelo deputado amazonense Marcelo Ramos. “É uma cifra enorme, que no meu entender, está sendo desperdiçada. Posso adiantar que não será sancionada", disse em entrevista à TV Brasil.
De relatoria do deputado federal Juscelino Filho (DEM-MA), o texto propõe o aumento do fundo eleitoral de R$ 1,7 bilhão para R$ 5,7 bilhões. A matéria contou com o 'sim' tanto do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-RJ) quanto o senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ), ambos filhos do chefe do Executivo.
Mais cedo,  Bolsonaro culpou o vice-presidente da Câmara, Marcelo Ramos (PL), pela aprovação da matéria no Congresso. Segundo ele, Ramos "atropelou o regimento”. Ramos respondeu, acusando Bolsonaro de mentir para a população.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ARAPUCA – Websérie amazonense com estreia para este mês

ARAPUCA – Websérie amazonense com estreia para ...


Linhas de ônibus da zona Norte passam por mudanças nesta semana

Linhas de ônibus da zona Norte passam por mudanç...


Prefeitura oferta 375 vagas de emprego nesta terça-feira, 3/8

Prefeitura oferta 375 vagas de emprego nesta terç...


Homem de 100 anos será julgado por crimes nazistas

Homem de 100 anos será julgado por crimes nazista...