Secom do Amazonas e a “Panelinha”, não paga dívida


  • Compartilhar com:
  • Whatsapp
  • Email

Depois de denúncias de “RACHADINHA”, na cúpula de comunicação do Governo do Amazonas, onde só se consegue, apoio institucional, se dividir a grana, agora vem denúncias de que que a secretaria, que vou declinar o nome, não paga os diretos de quem é demitido. Um exemplo é a situação do Jornalista cinematográfico Bosco Freitas. Ele prestou oito meses de serviços na Secretaria de Comunicação e por telefone foi desligado, mas foi avisado que receberia seus direitos. Pasmem! três meses depois, ele ainda aguarda pela indenização. Fazer acordo de “Rachadinha”, tem gente que se submete e faz, ou seja, aceita quem quiser, agora deixar de pagar os direitos trabalhistas de um jornalista, ai já é absurdo.


Prefeito autoritário
O jornalista Leandro Marques fazer uma reportagem, que mostravam a situação de aglomeração e a confusão na entrega do benefício auxilio enchente em Itacoatiara. É correspondente da Rede Amazônica no município e foi agredido por assessores a mando do prefeito Mário Abrahim (PSC), de Itacoatiara.


O repórter e o cinegrafista gravaram as agressões, que foram feitas por três assessores do prefeito. O trio iniciou com agressões verbais e depois fisicamente. Ele teve o equipamento jogado no chão, levou um soco no estômago e, junto com o cinegrafista, foi expulso do CRAS de Itacoatiara. 

Parte da agressão foi gravada

O vídeo começa com um assessor que aparece ameaçando o repórter:
- (...) Eu vou dizer uma coisa pra ti, se sair uma vírgula, uma vírgula falando mal do prefeito Mario Ibrahim, se sair uma vírgula, vou pegar-lhe uma surra. Tá bom? Dê o fora daqui.


Em seguida, o homem dá um tapa no repórterque derruba o equipamento de gravação.


Depois, o repórter Leandro Marques aparece no vídeo: --Não toque mais em mim. Não toque em mim. Se tocar em mim, vai piorar a situação.
O outro assessor responde: -- Por que vai piorar? Vai me bater?
O repórter fala: -- Como é o nome dele por favor?
De novo, o outro assessor: -- Por que você não vai perguntar dele lá?
Após a discussão, o repórter levou o soco no estômago e a equipe foi expulsa do local.


 

Matéria mostrou a bagunça
 

Leandro Marques havia retornado ao local para acompanhar a distribuição do auxílio enchente, onde mostrou a bagunça, por isso ele já havia sido ameaçado de agressão e também de morte, depois que a matéria foi ao ar. Um absurdo e não é com nota de esclarecimento, que vai resolver. Resolve apresentar os agressores, demiti-los e processa-los.

Sindicato repudia agressão

 

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado do Amazonas  – SJP/AM, repudia por meio desta, a agressão e ameaça de morte realizadas por assessores do prefeito Mário Abrahim contra o repórter Leandro Marques, correspondente da Rede Amazônica de Rádio e Televisão no município de Itacoatiara, no Amazonas.

A entidade que representa os jornalistas amazonenses destaca a importância do respeito que as autoridades públicas devem ter ao livre exercício profissional, bem como à liberdade do trabalho da imprensa para que a sociedade possa ser bem informada.

A direção do Sindicato solidariza-se com o repórter Leandro Marques, e coloca-se à disposição para acompanhar o desdobramento dos fatos na violência praticada contra o correspondente da rede de comunicação e ao jornalismo.

Manaus, 24 de junho de 2021.

Diretoria

SINDICATO DOS JORNALISTAS PROFISSIONAIS NO ESTADO DO AMAZONAS – SJP/AM


Deputado fala em liberdade de Imprensa

NOTA DE REPÚDIO

Venho veementemente repudiar o ato covarde e criminoso praticado contra o repórter Leandro Marques da Rede Amazônica em Itacoatiara quando em exercício de sua função, foi agredido e ameaçado de morte. Atitude como essa além de ser repugnante e desprezível, é um atentado à liberdade de imprensa e direito à informação.

 

Nota de Esclarecimento da Prefeitura

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ARAPUCA – Websérie amazonense com estreia para este mês

ARAPUCA – Websérie amazonense com estreia para ...


Linhas de ônibus da zona Norte passam por mudanças nesta semana

Linhas de ônibus da zona Norte passam por mudanç...


Prefeitura oferta 375 vagas de emprego nesta terça-feira, 3/8

Prefeitura oferta 375 vagas de emprego nesta terç...


Homem de 100 anos será julgado por crimes nazistas

Homem de 100 anos será julgado por crimes nazista...