Em Coari nada mudou, farra com dinheiro público continua e Diretor do Detran-AM, mantém monopólio de empresa de vistoria e pode ser afastado


  • Compartilhar com:
  • Whatsapp
  • Email

Diretor do Detran-AM pode ser afastado

Enquanto o Estado todo se volta para combater a ‘Pandemia’, o diretor presidente do Detran-AM, fatura alto com a manutenção de apenas uma empresa de vistoria privada no Amazonas. Rodrigo de Sá, assim que assumiu a direção do órgão retirou do processo a empresa Manaus Vistoria Ltda. Sem explicação ou motivo aparente, levando a crer que o diretor-presidente do Detran-AM, que beneficiar a atual e única empresa que realiza o serviço em Manaus.
Diante da situação o presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), conselheiro Mário de Mello determinou que o diretor-presidente do Departamento de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), reative o acesso da empresa Manaus Vistoria Ltda. ao sistema de vistoria de identificação veicular e caso a medida não seja tomada não seja cumprida, Rodrigo de Sá estará sujeito a pagamento de multa, decretação da indisponibilidade dos bens e ainda o afastamento do cargo de diretor –presidente do Detran.

Determinação Judicial

A empresa Manaus Vistoria ingressou na justiça, para poder atuar, porém de forma ditatorial Rodrigo de Sá nenhuma determinação judicial foi acatada pelo Detran ou pelo próprio TCE, o que, “demonstra cabalmente a má vontade perante a reiteradas negativas de cumprimento” e ainda que o “presidente desde órgão, age de má fé e totalmente contrário ao que preceitua os princípios que regem a administração pública, demonstrando assim uma ‘má administração’, uma vez que gera insegurança jurídica aos cidadãos.
Caso à tona
Esse caso só veio a tona, após ser denunciado pelo Grupo Diário de Comunicação, que a meses já havia feito a denúncia e que agora, teve uma medida assistida judicialmente pelo TCE-AM. Está claro o interesse do diretor do Detran-AM em manter esse monopólio e isso, repito leva a crer que deva haver “Propina”.

Em Coari tudo como antes

A tia do ex-prefeito de Coaria Adail Pinheiro Filho, Dulce Menezes, 48 anos, está distribuindo auxílio financeiro, a população. A medida segundo ela seria para dar um apoio aos moradores nesse momento de “Pandemia”, porém, na verdade se trata de um pagamento em busca de apoio político.  Tia de Adail Filho, reeleito prefeito de Coari, mas que teve a Chapa cassada, o Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) entendeu que a eleição foi para um terceiro mandato dentro do núcleo familiar, é a atual Presidente da Câmara Municipal, para o biênio 2021-2022, e assumiu a vaga de prefeito, diante da cassação do sobrinho, que aguarda um efeito suspensivo da decisão, para assumir. Caso isso não aconteça, os Pinheiros já preparam o terreno, no caso de uma nova eleição e sem nenhum pudor, distribuem verbas públicas.
Poder em Coari é um negócio de família (Pinheiro)
É isso mesmo “Negócio de família”, essa é a realidade daquele município, marcada por escândalos da família Pinheiro, Adail pai já foi preso, acusado de pedofilia, cassado, mas mesmo assim domina uma grande simpatia dos moradores, quem na cidade ousa em contraria ou denunciar, fica exposto a perseguições.

Entenda como tudo é esquema

O poder na cidade é dividido entre eles, tios, sobrinhos, tias e os filhos de Adail Pinheiro, considerado o Grande Cacique. Veja só Keyton Pinheiro, primo de Adail Filho e sobrinho de Adail Pinheiro, era presidente da Câmara Municipal e tinha o papel de vice-prefeito de Coari, pois a vice-prefeita, eleita com o irmão Adailzinho, em 2016, foi a deputada estadual mais votada em 2018, Mayara Pinheiro e renunciou. Com isso Keyton, querendo evitar se tornar inelegível na chapa de Adail Filho, também renunciou e quem assume a presidência da Câmara Municipal mais um Pinheiro, Jeanny Pinheiro, tia do prefeito renunciante. Ela é que passou a comandar a prefeitura de Coari, até 31 de dezembro do ano passado. Jeanny foi reeleita e foi a mais votada do pleito, mas a outra Pinheiro, que usa o nome político de Dulce Menezes, num acordo familiar, foi quem se candidatou e ganhou a presidência da Câmara e por isso assumiu, a prefeitura, ou seja, Tudo em Família.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Alec Baldwin dispara arma cenográfica e mata cineasta

Alec Baldwin dispara arma cenográfica e mata ci...


Australianas têm 'muita motivação' para enfrentar Brasil, diz técnico

Australianas têm 'muita motivação' para enfrent...


Sine Manaus disponibiliza 118 vagas de emprego nesta sexta-feira, 22/10

Sine Manaus disponibiliza 118 vagas de emprego nes...


Biden diz que EUA têm compromisso de defender Taiwan

Biden diz que EUA têm compromisso de defender Tai...