Fim da Era Adail em Coari e ainda, Assembleia segue fazendo jogadas e indica Josué Neto, para a vaga do Pai Josué Filho no TCE-AM


  • Compartilhar com:
  • Whatsapp
  • Email

Fim da era Adail em Coari
Acostumados a manipular tudo e todos, a era da Família Adail em Coari vai desmoronando, por ror unanimidade, os juízes eleitorais do TRE-AM cassaram o registro de candidatura do prefeito eleito de Coari, Adail Filho (Progressista).
A decisão em caráter definitivo (não cabe recurso), determinou ainda, nova eleição no município no prazo de 20 a 40 dias. O presidente da Câmara de deve assumir o comando da prefeitura do município até a posse do eleito.

 

Entenda o caso
O colegiado julgou um recurso eleitoral movido pela Coligação Ficha Limpa para Coari e pelo candidato a prefeito do município Robson Tiradentes (PSC), que contestou a decisão do juiz Fábio Alfaia, da 8ª Zona Eleitoral de Coari, que mesmo com o pedido, 
deferiu sem nenhuma analise, o registro de candidatura de Adail Filho

 

Terceiro Mandato
A coligação sustentou que Adail Filho estaria tentando o terceiro mandato sucessivo dentro do núcleo familiar, o que é proibido pelo Artigo 14 da Constituição Federal. Eles alegaram que 
Adail Pinheiro (pai) foi eleito em 2012 e Adail Filho venceu as eleições em 2016 e, por isso, não poderia ser candidato em 2020, a justiça acabou prevalecendo.
 
Arrogância e prepotência
Após ser reeleito Adail Filho, renunciou ao mandato que estava exercendo e entrou de férias. Ele acreditava que mais uma vez a justiça seria manipulada e o dinheiro iria mais uma vez falar mais alto.  

Coari é aqui na Assembleia
Cinco hora após o Conselheiro do TCE-AM Josué filho solicitar a aposentadoria, o filho dele o deputado estadual Josué Neto foi eleito por unanimidade, como o mais novo indicado do Legislativo, para sucede-lo, no cargo, numa manobra espetacular, como o Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM).

 

De Josué para Josué
Josué vai ocupar a vaga do seu pai, Josué Filho, que ingressou, com pedido de aposentadoria compulsória das atividades na Corte de Contas em razão da idade, a contar de 5 de abril de 2021. Vergonha total, sem dúvida com raras exceções, essa é um dos piores parlamentos já formado no Amazonas. 

 

Vergonha em Maués
Na reta final de atividades legislativas a Câmara Municipal de Maués investiu alto em material de limpeza e deve fechar o ano brilhando. O presidente da CMM  Simildon Antônio o “Simoca”, assinou aditivo de mais de R$ 41 mil a empresa E Q SILVA, para aquisição de material de limpeza, antes ele já havia liberado R$ 75, para alimentação e material de expediente.    

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ARAPUCA – Websérie amazonense com estreia para este mês

ARAPUCA – Websérie amazonense com estreia para ...


Linhas de ônibus da zona Norte passam por mudanças nesta semana

Linhas de ônibus da zona Norte passam por mudanç...


Prefeitura oferta 375 vagas de emprego nesta terça-feira, 3/8

Prefeitura oferta 375 vagas de emprego nesta terç...


Homem de 100 anos será julgado por crimes nazistas

Homem de 100 anos será julgado por crimes nazista...