Cultura japonesa é tema de exposição de Paola Honda Castro


  • Compartilhar com:
  • Whatsapp
  • Email

A artista Paola Honda Casto realiza a exposição “O tradicional e o moderno na indumentária japonesa do século XXI”. O evento acontece de 1 a 5 de dezembro, na Associação Nipo-Brasileira da Amazônia Ocidental (Nippaku), localizada na rua Teresina, 95, Adrianópolis. A abertura ao público acontece às 10h do dia 1° de dezembro, mas as visitas devem ser agendadas via WhatsApp (92) 99460-7608, devidos os protocolos de segurança e prevenção ao novo Coronavírus.
O projeto foi contemplado na categoria “Artes Visuais” pelo Edital No. 009/2020 - Concurso-prêmio Manaus de Conexões Culturais - Lei Aldir Blanc, promovido pela Prefeitura Municipal de Manaus, por meio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult) e do Conselho Municipal de Cultura - Gestor do Fundo Municipal de Cultura.
“O tradicional e o moderno na indumentária japonesa do século XXI” traz 10 imagens de personagens autorais, expressando algumas vestimentas atuais, utilizadas no Japão, que envolvem modelos tradicionais e modernos. Os exemplos selecionados foram retratações feitas pela artista, a partir de pesquisas sobre o referido país, cuja cultura desperta-lhe grande interesse, principalmente por sua descendência nipônica.
De acordo com a artistas, os seus quadros trazem mensagem que informarão a sociedade através de desenhos artísticos, acerca de hábitos hodiernos da cultura japonesa, referentes à diversidade de indumentárias, utilizadas quer em eventos, quer em situações cotidianas, e que demonstram, pela pluralidade de estilos, a possibilidade de convivência entre o tradicional e o moderno.
Além da promoção a reflexão sobre a importância da liberdade do vestir-se como forma de expressão identitária do indivíduo, independentemente de seu gênero, raça ou credo.


Autodidata

Paola Honda Castro é uma jovem artista manauara, de 19 anos, estudante do curso de Tecnologia em Design Gráfico. Suas habilidades para o desenho manifestaram-se desde a infância, iniciando com uso de lápis grafite, lápis de cor e canetas hidrográficas, evoluindo para o recurso de mesa digitalizadora, sendo o desenho digital, atualmente, sua técnica mais expressiva.
Apesar de ser autodidata, aperfeiçoou seus conhecimentos por meio de alguns cursos: Curso de Mangá e Cartoon (Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro, 2013), Workshop de Desenho Cartoon (Cartunista Romahs, 2017) e, Oficina de Cartoon com Cristoffer Ferreira e Oficina de Nanquim, ambos ofertados pela Secretaria de Estado de Cultura do Amazonas.
Participou de vários eventos, expondo seus trabalhos: Mostra de Processo – Núcleo de Artes Visuais (Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro, 2013), Feira da Fundação Amazonas Sustentável (FAS, 2019) e Dia do Orgulho Nerd (Palacete Provincial/ 1 Minuto Nerd, 2019), além de outros.
Conquistou alguns prêmios: foi vencedora do 1º. Concurso de Desenho do evento Amazon Game Party (Animeniacxmao/ SESI, 2015) e da categoria D do 13º. Concurso de Desenho e Mangá (Nippaku, 2015). Possui personagens autorais, entretanto também costuma fazer releituras, em seu estilo, de personagens já existentes no segmento de Anime, além de art trade (combinação feita, entre artistas, em que cada um desenha o personagem do outro) e encomendas.

NOTÍCIAS RELACIONADAS