Flamengo: vice do clube garante transmissão no Carioca, fala em 'arapuca' da Globo e exalta MP


  • Compartilhar com:
  • Whatsapp
  • Email

A assinatura da Medida Provisória 984 pelo presidente Jair Bolsonaro em meados de junho chacoalhou o futebol brasileiro. Subitamente, os direitos de transmissão de uma partida de futebol passaram a pertencer apenas ao mandante, sem necessidade de anuência do visitante, como determinava a Lei Pelé.

Flamengo acabou nos holofotes.

Não só por ser o clube mais popular do Brasil e pelas visitas do presidente Rodolfo Landim a Brasília. Mas também por não ter negociado seus direitos de transmissão do Campeonato Carioca com a TV Globo, detentora dos direitos restantes da competição até 2024.

Vice-presidente geral e da Procuradoria Geral do Flamengo, Rodrigo Dunshee de Abranches conversou com a ESPN por chamada de vídeo para explicar o lado do clube.

Na volta do futebol após a paralisação devido à pandemia do novo coronavírus, o confronto entre Bangu e Flamengo não contou com transmissão de TV. Segundo Dunshee, um equívoco da TV Globo que, ele garante, o Flamengo não vai repetir.

Baseado na MP 984, o clube vai transmitir a partida diante do Boavista, marcada pela Ferj para primeiro de julho. A TV Globo, por sua vez, notificou o clube e afirmou em nota oficial que o Flamengo não tem esse direito mesmo com a mudança atual na legislação.

"A gente está chamando de Lei Áurea do futebol porque não é normal que uma entidade possa aprisionar clubes numa arapuca contratual", diz Rodrigo Dunshee.

Fonte: ESPN

NOTÍCIAS RELACIONADAS