Sinésio Campos cobra esclarecimentos sobre apagões em Manaus e monitoramento de fronteiras


  • Compartilhar com:
  • Whatsapp
  • Email

O deputado Sinésio Campos (PT/AM), apresentou requerimentos propondo encaminhamento de expedientes à Amazonas Energia, solicitando informações (esclarecimentos) sobre os constantes apagões (falta de energia) que vêm ocorrendo em Manaus, como também outro requerimento ao Ministério da Defesa e Exército Brasileiro, solicitando providências da execução de serviços de monitoramento de fronteiras do Amazonas e no município de São Gabriel da cachoeira, na região de fronteira com a Colômbia e Venezuela.
.
As proposições foram protocolizadas á Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Estado (ALE-AM), na sessão (virtual) realizada na manhã desta quinta-feira (26).

Sobre a solicitação de esclarecimentos à Amazonas Energia, o deputado enfatiza a necessidade de atendimento às medidas governamentais considerando o momento de gravidade que o País e o Estado enfrentam, além do apoio às ações desenvolvidas no combate e prevenção do COVID-19, tendo em vista as medidas de prevenção de isolamento social, que ocasionam o maior consumo de energia elétrica e água.

Quanto ao monitoramento da fronteira, ele Objetiva o cumprimento da portaria nº 125, de 19 de março de 2020, que dispõe sobre a restrição excepcional e temporária de entrada no Brasil de estrangeiros oriundos dos países que relaciona, conforme recomendação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), dentre os quais incluem a Colômbia e a Venezuela. “Um dos principais compromissos do nosso mandato, na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas tem sido o de contribuir de forma efetiva com o avanço da luta em prol da saúde do povo amazonense. Portanto, fazem-se necessárias medidas considerando o momento que vivemos ao passo que apoiamos as ações desenvolvidas no combate e prevenção do COVID-19, tendo em vista as medidas de prevenção de isolamento”. 

Sinésio Campos destaca a necessidade de conter o livre trânsito (entrada) de pessoas, inclusive estrangeiros, em Tabatinga e em São Gabriel da Cachoeira através das fronteiras com a Colômbia e Venezuela, apesar da ameaça do risco de aumento da gravidade de propagação e contágio pelo Covid-19.
    
O parlamentar relatou ter recebido denúncia, do Prefeito de São Gabriel da Cachoeira, de que já há confirmação de pessoas infectadas pelo vírus na cidade de Mitu, na Colômbia, fronteira com o município. O prefeito disse ter solicitado ao exército e para o general Danilo, responsável pelas linhas de fronteiras da região, fechar as fronteiras. Porém o militar teria respondido não haver ordens superiores ou mandado para esse fim. “Diante disso estamos apresentar indicações ao Ministério da Defesa e Exército Brasileiro, solicitando providências da execução de serviços de monitoramento no município de São Gabriel da cachoeira, na região de fronteira com a Colômbia e Venezuela.

NOTÍCIAS RELACIONADAS


Doação para campanha deve ser transferida para ajudar no combate a Pandemia

Doação para campanha deve ser transferida para a...



*Feirante da ADS doará 100 kits de mel de abelhas para profissionais da saúde*

*Feirante da ADS doará 100 kits de mel de abelhas...


*Feirante da ADS doará 100 kits de mel de abelhas para profissionais da saúde*

*Feirante da ADS doará 100 kits de mel de abelhas...


Caixa libera pagamento da segunda parcela de auxílio emergencial

Caixa libera pagamento da segunda parcela de auxí...


Hospital de campanha ultrapassa a marca de 150 vagas de internação

Hospital de campanha ultrapassa a marca de 150 vag...



Casos de covid-19 no mundo ultrapassam 5 milhões

Casos de covid-19 no mundo ultrapassam 5 milhões...


Veja o calendário de pagamento da 2ª parcela do auxílio emergencial

Veja o calendário de pagamento da 2ª parcela do ...