Sepror, Conab e Idam assinam convênio para aquisição de sementes que beneficiará agricultores familiares


  • Compartilhar com:
  • Whatsapp
  • Email

Nesta sexta feira (21/02), a Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror), o Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam) e a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) realizaram uma solenidade de assinatura de convênio entre os órgãos para aquisição de sementes de milho do tipo BRS 4157 Sol-da-Manhã. A assinatura foi realizada na sede da secretaria, na avenida Carlos Drummond de Andrade, 1.460, Japiim.

 

A Conab estava representada pelo superintendente Serafim José Taveira Junior, que ressaltou o bom trabalho realizado no ano passado e que essas sementes serão doadas para incentivo e aumento da produção.

 

“No ano passado houve um aumento de pelo menos 20 a 30% na produção de milho no estado, após a distribuição das sementes. A execução do PAA (Programa de Aquisição de Alimentos) Sementes é garantia inclusive da nossa atividade, da existência da Conab no estado”, disse o superintendente.

 

A aquisição das sementes ajuda o produtor das mais diversas formas. Uma delas é por meio do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), em que o produtor comercializa a produção, que a seguir é doada diretamente para entidades que precisam dos alimentos para se manter.

 

Ao todo, 28 unidades do Idam, em 27 municípios, receberão aproximadamente 25 toneladas, a maior quantidade já fornecida desde 2017. A entrega vai beneficiar 1.238 agricultores familiares, sendo 81% pertencentes aos Povos e Comunidades Tradicionais (PCTs), ribeirinhos, indígenas, pescadores artesanais e demais povos tradicionais, que têm a agricultura como primeira ou segunda atividade fonte de renda.

 

A previsão do início das entregas é para a segunda quinzena de março. Conforme forem recebendo, os produtores já podem fazer uso das sementes para o começo do plantio. As sementes serão entregues no depósito de sementes da Sepror para envio imediato aos municípios.

 

Para o titular da pasta, Petrucio Magalhães Júnior, um dos pontos importantes é que a quantidade de grãos produzidos corresponde a uma enorme fatia da demanda de grãos do estado, principalmente para a produção animal, ou seja, servindo para a composição de ração de peixes, aves, suínos e outros.

 

“Vale destacar que essa parceria atende 40% da demanda total na produção do milho no estado do Amazonas. São meio milhão de reais que estão sendo investidos para que o agricultor familiar possa melhorar sua renda e assim ajudar no crescimento econômico do estado”, afirmou.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Mas uma morte no Amazonas por coronavírus

Mas uma morte no Amazonas por coronavírus ...



Sobe para 80 os casos no Amazonas e FVS-AM agiliza coleta no Delphina

Sobe para 80 os casos no Amazonas e FVS-AM agiliza...



Caprichoso paga funcionários e acordos trabalhistas

Caprichoso paga funcionários e acordos trabalhist...


CORONAVÍRUS: Pacientes esperam mais de 24 horas para testes no Delphina Aziz

CORONAVÍRUS: Pacientes esperam mais de 24 horas p...


Amazonas tem 67 casos confirmados do novo coronavírus

Amazonas tem 67 casos confirmados do novo coronav...


ALÔ, BANCOS: PRECISAMOS DE AJUDA DE VERDADE!

ALÔ, BANCOS: PRECISAMOS DE AJUDA DE VERDADE!...


Saúde emocional: psicólogo explica como lidar com a ansiedade durante a quarentena

Saúde emocional: psicólogo explica como lidar co...