Acesso digital a serviços públicos gera economia de R$ 1,7 bi por ano


  • Compartilhar com:
  • Whatsapp
  • Email

O governo federal superou em 20% a meta da transformação digital de serviços públicos neste ano. A Secretaria de Governo Digital do Ministério da Economia, contabilizou 503 serviços com acesso online desde janeiro.

Entre os serviços estão a emissão da carteira de trabalho, solicitação de aposentadoria por tempo de contribuição, certificado internacional de vacinação e profilaxia, carteira estudantil e carteira de trânsito. Estes dois últimos, começaram a funcionar via digital mais recentemente.

De acordo com a secretaria, os cidadãos já conseguem retirar no mesmo dia o pedido a carteira de trabalho. Até entçao, o tempo médio de espera para receber o documento era de 17 dias. Já a aposentadoria por tempo de contribuição pode ser obtida agora nos canais do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) em poucas horas.

Segundo a secretaria, com os resultados desde janeiro, R$ 1,7 bilhão deixa de ser gasto anualmente pelo governo e pela sociedade. Quem mais poupa é o cidadão - o equivalente a R$ 1,38 bilhão - por não perder mais tempo de trabalho nem pagar pelo deslocamento ou por despachantes para agilizar a prestação do serviço.

A redução da burocracia é outro indicador que passou este ano a ser contabilizado pela Secretaria de Governo Digital. A estimativa é de que 146,8 milhões de horas/ano deixam de ser gastas pelas pessoas para obter serviços do governo federal. O tempo é equivalente a mais de um dia inteiro de trabalho de toda a população economicamente ativa na Grande São Paulo. Os serviços transformados este ano representam 19 milhões de demandas anuais.

Acesso pelo celular

O governo federal oferece quase 3,3 mil diferentes serviços à população, incluindo a administração direta, autarquias e fundações. Neste momento, 53% são acessados via online e estão agrupados no portal gov.br . A aceleração da transformação digital aproveita a cultura de utilização massiva do aparelho celular pela população brasileira. A meta até 2022 é ter 100% dos serviços do governo federal transformados em digitais, o que deve representar uma economia anual de R$ 7 bilhões.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

BBB 20 vai ter o “Bate e Volta"

BBB 20 vai ter o “Bate e Volta"...


Malvino Salvador deixa Globo após não ter contrato renovado

Malvino Salvador deixa Globo após não ter contra...


Novo portal do Sisu deve gerar economia de R$ 25 milhões em cinco anos

Novo portal do Sisu deve gerar economia de R$ 25 m...


Bolsonaro descarta recriação do Ministério da Segurança Pública

Bolsonaro descarta recriação do Ministério da S...


Bolsonaro descarta recriação do Ministério da Segurança Pública

Bolsonaro descarta recriação do Ministério da S...


Governo aguarda ajuste do TCU para contratar militares da reserva

Governo aguarda ajuste do TCU para contratar milit...


Total de mortos pelo coronavírus sobe para 25 na China

Total de mortos pelo coronavírus sobe para 25 na ...


Trump vai participar de marcha anual contra o aborto

Trump vai participar de marcha anual contra o abor...


Lei anticrime entra em vigor hoje

Lei anticrime entra em vigor hoje...