Concurso Estadual de Prevenção à Violência Contra Mulheres premia alunos e professores da rede pública


  • Compartilhar com:
  • Whatsapp
  • Email

Ao todo, 15 alunos venceram nas categorias Cartaz, Teatro, Redação e Música. Professores, orientadores e coordenadores também receberam certificados

 

Com o tema “O papel da Mulher no século XXI: Expressões de Discriminação e Violência”, o 7° Concurso Estadual sobre Prevenção à Violência contra as Mulheres premiou, nesta terça-feira (10/12), alunos e professores da rede pública estadual que desenvolveram trabalhos em categorias como Cartaz, Teatro, Redação e Música relacionados ao tema. O concurso é realizado pelo Governo do Amazonas, por meio de uma parceria entre as secretarias de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) e de Educação e Desporto, com apoio do Conselho Estadual dos Direitos da Mulher (Cedim).

 

Na cerimônia de premiação estiveram presentes autoridades como a titular da Sejusc, Caroline Braz; o presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas e governador em exercício, Josué Neto; da presidente do Cedim, Auxiliadora Brasil; da secretária do Fundo de Promoção Social (FPS), Kathelen Santos; o defensor público geral eleito para o biênio 2020-2021 da Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM), Ricardo Paiva; a secretária executiva da Secretaria de Educação e Desporto na capital, Arlete Mendonça; o gerente de Ações Sociais do Sidia Instituto de Ciência e Tecnologia; a presidente da Comissão da Mulher Advogada da OAB, Glaucia Soares; e o representante da Casa Civil, Rodrigo Cavalcante.

 

Para a secretária de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania, Caroline Braz, falar sobre o tema nas escolas é uma das políticas adotadas pelo órgão como forma de prevenção à violência doméstica.

 

“Somente trabalhando a prevenção e conscientização é que vamos conseguir mudar a realidade da violência contra mulher. A gente pode fazer inúmeras políticas, mas é com a mudança da cultura e comportamento que elas serão eficazes”, ressaltou a secretária.


Premiados – Ao todo, 15 alunos venceram em primeiro, segundo e terceiro lugar, nas categorias Cartaz, Teatro, Redação e Música, do 5º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio. Além disso, os professores, orientadores e coordenadores também receberam certificados de agradecimento.


Já as escolas mais premiadas do concurso foram o Centros de Educação de Tempo Integral João dos Santos Braga, com cinco prêmios; Escola Estadual Professor Jacimar da Silva Gama, com três prêmios e Escola Estadual Plácido Serrano, com dois troféus.

 

Uma das premiadas foi a aluna do 7° ano do Ensino Fundamental da Escola Estadual Professor Roberto dos Santos Vieira, Heloisa Siqueira de Souza, de 13 anos. A estudante conquistou o segundo lugar na categoria redação.


“Meu professor é uma pessoa mágica, que sempre está buscando me incentivar. Quando ele nos falou do concurso e que era sobre violência contra a mulher, eu busquei fazer uma redação que servisse de inspiração para outros alunos”, lembrou. “É um concurso importante para que os alunos possam se expressar de uma forma artística e mudar um pouco a realidade”.


Sobre o concurso – Criado em 2013, o Concurso Estadual sobre Prevenção à Violência contra a Mulher foi lançado como uma das ações do Governo do Amazonas para fomentar o combate à violência contra a mulher de forma abrangente, inclusive no interior do Amazonas. O concurso tem como foco estudantes da rede pública dos ensinos Fundamental, Médio e de Educação de Jovens e Adultos (EJA).

 

Em comemoração aos 13 anos da implantação da Lei Maria da Penha, o tema deste ano é “O papel da Mulher no século XXI: Expressões de Discriminação e Violência” e tem o objetivo de dar visibilidade às mudanças de paradigmas e perspectivas sobre as funções que as mulheres podem desempenhar em diversos espaços. Os trabalhos foram avaliados pela originalidade, criatividade e correspondência ao tema e objetivos do concurso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

BBB 20 vai ter o “Bate e Volta"

BBB 20 vai ter o “Bate e Volta"...


Malvino Salvador deixa Globo após não ter contrato renovado

Malvino Salvador deixa Globo após não ter contra...


Novo portal do Sisu deve gerar economia de R$ 25 milhões em cinco anos

Novo portal do Sisu deve gerar economia de R$ 25 m...


Bolsonaro descarta recriação do Ministério da Segurança Pública

Bolsonaro descarta recriação do Ministério da S...


Bolsonaro descarta recriação do Ministério da Segurança Pública

Bolsonaro descarta recriação do Ministério da S...


Governo aguarda ajuste do TCU para contratar militares da reserva

Governo aguarda ajuste do TCU para contratar milit...


Total de mortos pelo coronavírus sobe para 25 na China

Total de mortos pelo coronavírus sobe para 25 na ...


Trump vai participar de marcha anual contra o aborto

Trump vai participar de marcha anual contra o abor...


Lei anticrime entra em vigor hoje

Lei anticrime entra em vigor hoje...