Técnico de enfermagem é preso pela DEHS, apontado como autor de estupro e morte de sobrinha


  • Compartilhar com:
  • Whatsapp
  • Email

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da Delegacia Especializada de Homicídios e Sequestros (DEHS), prendeu o técnico em enfermagem Anderson Magno da Silva, de 40 anos, pelo estupro e homicídio da adolescente Aline Alves Melo, 14. O suspeito foi preso na manhã de domingo (06/10), no bairro Petrópolis, zona sul. Em depoimento, Anderson confessou a autoria do crime que vitimou a sobrinha dele. O suspeito informou que dopou a adolescente, estuprou-a e, em seguida, cometeu o assassinato.

 

Segundo o delegado Paulo Martins, titular da DEHS, no dia do crime, Anderson levou a sobrinha, junto com a filha e a ex-companheira, para jantarem em um shopping da cidade. Após o passeio, ele voltou para casa com a vítima. Aline então foi ao banheiro e, ao sair, disse que estava sentindo dores abdominais. O suspeito então aplicou uma medicação na adolescente. A menina desmaiou e em seguida, o suspeito violentou a adolescente sexualmente.

 

“Nesse momento em que ele estava estuprando a vítima, ela acordou e tentou se desvencilhar dele e, nesse momento, ela inclusive chutou ele com as pernas, tentou tirá-lo de cima dela. Depois, adormeceu novamente. Ela acordou vomitando e se afogando no próprio vômito e faleceu. Foi uma situação bárbara, um crime brutal que esse indivíduo cometeu contra a própria sobrinha sem nenhuma explicação”, relatou.

 

O delegado disse, ainda, que as investigações continuam para apurar a origem de medicações encontradas na casa do suspeito, que é funcionário público e trabalha em uma unidade de saúde da capital.

 

De acordo com o delegado Raphael Campos, adjunto da DEHS, as investigações iniciaram logo após a polícia ser comunicada da morte de Aline. “Logo após o óbito da vítima, a equipe de plantão compareceu ao local e lá verificamos o óbito da adolescente. No mesmo ato, foi identificado que a vítima tinha vestígios de violência sexual. O tio dela estava no hospital, foi conduzido para delegacia e confessou o crime. A vítima acabou falecendo por asfixia mecânica. Ela estava sozinha na casa com ele, mas ele diz que foi a primeira vez que cometeu esse ato”, informou.

 

Anderson foi indiciado por estupro e feminicídio. Ao término dos procedimentos cabíveis, ele será levado para audiência de custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, bairro São Francisco, zona sul da capital.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Vazamento de óleo pode ter partido de navio irregular, diz Marinha

Vazamento de óleo pode ter partido de navio irreg...


Um morto e 16 presos em operação contra invasão no Maracanã

Um morto e 16 presos em operação contra invasão...


Sejusc e Seas firmam parceria para otimizar atendimento a idosos no Amazonas

Sejusc e Seas firmam parceria para otimizar atendi...


MC Gui pede desculpas após acusações de fazer bullying com criança

MC Gui pede desculpas após acusações de fazer b...


Policia Civil faz operação contra invasão do Maracanã amanhã

Policia Civil faz operação contra invasão do Ma...


Concessão de loteria da raspadinha será leiloada nesta terça-feira

Concessão de loteria da raspadinha será leiloada...


Gás de botijão residencial aumenta para as distribuidoras

Gás de botijão residencial aumenta para as distr...


OEA pede explicações sobre interrupção de contagem de votos na Bolívia

OEA pede explicações sobre interrupção de cont...


"Caso único no mundo", diz Mourão sobre manchas de óleo no Nordeste

"Caso único no mundo", diz Mourão sobre manchas ...


Operação Grand Bazaar investiga fraudes em fundos de pensão

Operação Grand Bazaar investiga fraudes em fundo...