La Salle conquista Supercopa Samel de Judô 2019


  • Compartilhar com:
  • Whatsapp
  • Email

A equipe do Colégio La Salle de Manaus foi a grande campeã da Supercopa Samel de Judô, competição que reuniu 700 atletas no último sábado, 14 de setembro, na Arena Poliesportiva Amadeu Teixeira, em Manaus.

A agremiação liderada pelos professores Ronald Cardoso e Karynna Silveira conquistou um total de 36 medalhas de ouro e mais 15 de prata e 14 de bronze. Além do título geral por equipes, o La Salle também foi primeiro colocado no Festival Infantil, que reúne apenas a nova geração da modalidade olímpica. 

Outra equipe de renome no Estado, a Associação Barbosa de Lutas Esportivas (ABLE), faturou 17 medalhas de ouro e terminou a Supercopa Samel no segundo lugar do pódio coletivo.

De acordo com a Federação de Judô do Amazonas (Fejama), o terceiro lugar ficou com a equipe Cael-Kaizen, com 11 ouros. Também se destacaram na competição a Acopajam, com 10 ouros e em quarto lugar geral, e a Fort Judô Club, com oito ouros e na quinta posição entre as participantes do evento. 

Recorde batido
Segundo o presidente da Fejama, Sensei David Azevedo, a Supercopa Samel bateu recorde de participação. Ano passado foram 120 atletas inscritos somente, mas em 2019 houve uma grande mobilização e o campeonato contou com 700 inscritos.

“O judô do Amazonas está se reorganizando, crescendo e graças a mobilização da federação, dos professores e dos atletas estão de volta aos bons tempos com grandes eventos. A Supercopa Samel saiu de 120 atletas em 2018 para 700 atletas em 2019, um recorde. No próximo ano a meta é passar de mil atletas”, disse o dirigente.

Ouro para a Samel
Um dos homenageados pela entidade na cerimônia de abertura do evento foi o empresário Beto Nicolau, da Samel, a empresa que mais investe no esporte amazonense em todas as modalidades. No futebol, a Samel ajudou o Manaus FC desde o início do projeto em 2013 e se manteve até o acesso do Gavião do Norte à Série C do Brasileirão de 2020. Nas lutas, a empresa tem papel fundamental no apoio ao judô, jiu-jítsu, MMA e outras artes marciais. 

“É uma alegria participar da vida dos amazonenses em todos os sentidos, seja na saúde, na cultura, no esporte. Apoiamos as coisas da nossa terra, e principalmente o esporte porque sabemos que é uma ferramenta de inclusão e transformação social”, disse Beto, uma das figuras mais humildes e queridas do meio esportivo no Estado. 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

BBB 20 vai ter o “Bate e Volta"

BBB 20 vai ter o “Bate e Volta"...


Malvino Salvador deixa Globo após não ter contrato renovado

Malvino Salvador deixa Globo após não ter contra...


Novo portal do Sisu deve gerar economia de R$ 25 milhões em cinco anos

Novo portal do Sisu deve gerar economia de R$ 25 m...


Bolsonaro descarta recriação do Ministério da Segurança Pública

Bolsonaro descarta recriação do Ministério da S...


Bolsonaro descarta recriação do Ministério da Segurança Pública

Bolsonaro descarta recriação do Ministério da S...


Governo aguarda ajuste do TCU para contratar militares da reserva

Governo aguarda ajuste do TCU para contratar milit...


Total de mortos pelo coronavírus sobe para 25 na China

Total de mortos pelo coronavírus sobe para 25 na ...


Trump vai participar de marcha anual contra o aborto

Trump vai participar de marcha anual contra o abor...


Lei anticrime entra em vigor hoje

Lei anticrime entra em vigor hoje...