Inflação para famílias com renda mais baixa cai para 0,07% em junho


  • Compartilhar com:
  • Whatsapp
  • Email

O Índice de Preços ao Consumidor – Classe 1 (IPC-C1), que calcula a variação de preços da cesta de compras de famílias com renda até 2,5 salários mínimos, registrou inflação de 0,07% em junho deste ano. A taxa ficou abaixo do 0,26% de maio. Segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV), o indicador acumula taxas de 2,72% no ano e de 3,85% nos últimos 12 meses.

Apesar da queda de maio para junho, o IPC-C1 de junho ficou acima do Índice de Preços ao Consumidor – Brasil (IPC-BR), que mede a inflação para todas as faixas de renda. O IPC-BR teve deflação (queda de preços) de 0,02% em junho. Em 12 meses, o IPC-BR acumula inflação de 3,73%.

Em junho, quatro das oito classes de despesas que compõem o IPC-C1 tiveram queda da taxa de maio para junho: habitação (de 0,79% em maio para -0,24% em junho), transportes (de 0,28% para -0,38%), saúde e cuidados pessoais (de 0,75% para 0,31%) e despesas diversas (de 0,08% para -0,23%).

Por outro lado, tiveram alta de maio para junho os grupos educação, leitura e recreação (de 0,03% para 0,78%), alimentação (de -0,26% para -0,16%), vestuário (de 0,13% para 0,60%) e comunicação (de -0,12% para 0,07%).

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Seduc-AM abre vagas para cursos de formação em Educação Especial

Seduc-AM abre vagas para cursos de formação em E...




Brumadinho: Vale e MPT firmam acordo por acidente de trabalho

Brumadinho: Vale e MPT firmam acordo por acidente ...




Presidente Bolsonaro anuncia fim da taxa para radioamadores

Presidente Bolsonaro anuncia fim da taxa para radi...


Receita paga hoje restituições do 2º lote do Imposto de Renda

Receita paga hoje restituições do 2º lote do Im...



Manaus, a Paris dos trópicos, festeja a “Revolução Francesa”

Manaus, a Paris dos trópicos, festeja a “Revolu...