Publicidade


Paraquedista amazonense morre em salto nos Estados Unidos


  • Compartilhar com:
  • Whatsapp
  • Email

O paraquedista amazonense Giulianno Falabella Scotti, de 42 anos, morreu na tarde dessa segunda-feira (1º) enquanto realizava um salto no aeroporto de DeLand, na Flórida, próximo a Orlando, nos Estados Unidos.

Segundo relatos da imprensa local, o Departamento de Polícia foi acionado para prestar socorro no local, mas infelizmente o atleta veio a óbito antes mesmo da chegada dos socorristas, conforme relatado inicialmente pelo site Difusora BandNews FM.

As primeiras informações indicam que o paraquedista se chocou no ar com outro colega de salto e perdeu a consciência. Apesar disso, o sistema automático de abertura do paraquedas foi ativado, porém o equipamento não foi controlado durante a descida.

Conforme indicado no site, Giulianno praticava a modalidade de salto conhecida como “desloc”, a qual demanda elevada habilidade e experiência por parte do atleta.

Giulianno, natural do Amazonas, demonstrava grande entusiasmo pelo esporte, dedicando-se assiduamente em DeLand, uma localidade que abriga um dos mais renomados centros de paraquedismo do país. Nesse local, é possível realizar saltos diariamente durante todo o ano, contando com aeronaves capacitadas para liberar equipes de até 16 pessoas para a realização de acrobacias aéreas em conjunto.