Setembro 10

Categoria: Saúde

Dra. Mayara defende que Centro de Reabilitação no Delphina Aziz seja voltado às pessoas com autismo


  • Compartilhar com:
  • Whatsapp
  • Email

A deputada estadual, Dra. Mayara Pinheiro Reis (Progressistas), voltou a defender o uso do Centro Especializado em Reabilitação (CER IV), no Hospital Delphina Aziz, como complexo de atenção à Pessoa com Transtorno do Espectro Autista (TEA). A parlamentar tratou do assunto com o secretário de Saúde, Dr. Anoar Samad, em reunião na SES-AM na última quinta-feira(09).

No Requerimento nº 2.433/2020 enviado ao Governo do Amazonas, Mayara solicitou que o CER IV, anexo que está abandonado no HPS Delphina Aziz, seja um um espaço voltado para acompanhamento médico e ações de integração social dos autistas. A parlamentar sugeriu ainda que a gestão do complexo ficasse a cargo da Associação de Amigos de Autistas de Manaus (AMA), que é a única entidade que trabalha com jovens e adultos, além de crianças na capital.

“Caso seja implantado, a medida já atende um outro indicativo meu para construção de um Complexo de Atenção à Pessoa com TEA em Manaus. Precisamos de um espaço público voltado para reabilitação e cuidados específicos a autistas a fim de propiciar melhor qualidade de vida e inclusão social”, pontuou.

Segundo o titular da SES, Dr. Anoar Samad, o complexo deve estar em pleno funcionamento no ano que vem. A deputada já adiantou que vai continuar pleiteando para que o CER IV seja destinado à assistência de autistas. “É um sonho meu que espero tornar realidade, continuarei defendendo junto ao Governo para que possamos concretizar isso”, afirmou.

 

Outras demandas da saúde

Durante visita à SES, Dra. Mayara também tratou da implantação de leis de sua autoria, que já estão em vigor, na rede pública de saúde. Dentre elas, uma parceria técnica entre SES e Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) para disponibilização do Ultrassom Morfológico e Ecocardiograma Fetal nos exames de pré-natal, conforme determina as Leis 5.113/2020 e 5.559/2021 de autoria da parlamentar.

Outro ponto abordado foi a efetividade do Programa Sentinela da Vida para redução dos casos de morbidade materna grave no estado. Uma reunião com os órgãos de saúde deverá ser marcada para implantação do sistema na rede pública.

Além disso, a parlamentar também cobrou que a Policlínica Gilberto Mestrinho atenda exclusivamente o povo interiorano, medida implantada após um requerimento de sua autoria. Entretanto, não vem ocorrendo na prática por ainda estar disponível para outras demandas do Sisreg(Sistema de Regulação).

A deputada debateu ainda a execução do Programa Itinerante voltado para Saúde da Mulher no interior do estado. O Requerimento nº 5304/2019, de autoria da deputada juntamente com o conselheiro Josué Neto, sugere a criação de um programa que oferte exames ginecológicos, atendimento médico especializado e cirúrgico às amazonenses.