Ministro da Saúde diz que Manaus será prioridade nacional na vacinação


  • Compartilhar com:
  • Whatsapp
  • Email

O ministro Eduardo Pazuello declarou durante a divulgação do balanço das ações do Ministério da Saúde em Manaus, na manhã desta quarta-feira (13), que a capital amazonense terá prioridade na vacinação.

"Vamos vacinar em janeiro e Manaus será a primeira a ser vacinada. Ninguém receberá a vacina antes de Manaus. A cidade terá essa prioridade. A vacina induz a produção de anticorpos, essa é a função da imunização", disse Pazuello durante o encontro ocorrido no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), na Zona Centro-Sul.  

O País conta com duas vacinas para janeiro, a AstraZeneca e do Butantan, no total, serão cerca de 8 milhões de doses, diz Pazuello.

"Após a Anvisa permitir, três dias depois vamos distribuir, a agência reguladora se pronuncia dia 17, pode atrasar até dia 20. Mas começa em janeiro", garantiu o ministro.

 A reunião em Manaus também contou com a presença de secretários e técnicos da pasta estiveram na capital amazonense esta semana para prestar apoio no combate à pandemia e acertar o envio de reforços ao sistema de saúde da cidade frente ao cenário epidemiológico local.

NOTÍCIAS RELACIONADAS