Seped realiza aula inaugural de Cinoterapia


  • Compartilhar com:
  • Whatsapp
  • Email

Projeto vai atender 40 crianças e adolescentes nesta primeira fase, mas já se estuda a ampliação deste número 

A Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Seped) iniciou, na manhã desta quinta-feira (11/07), a primeira turma de Cinoterapia. A aula inaugural teve a participação da primeira-dama do Estado, Taiana Lima, de secretários estaduais e da deputada estadual Joana Darc.

“O Governo está aqui para ajudar e apresentar projetos como esse, que beneficiam as pessoas com deficiência. O projeto já é um sucesso e, agora, é trabalhar para que possamos ampliar cada vez mais”, disse a primeira-dama.

O projeto será realizado em parceria com o Corpo de Bombeiros do Amazonas (CBMAM) e vai atender 40 crianças e adolescentes com deficiência, ajudando-as no estímulo sensorial – motor e cognitivo. Nesta primeira fase, a cinoterapia, que é um método terapêutico realizado com o auxílio de cães, terá como público-alvo pessoas com autismo, síndrome de Down e/ou paralisia cerebral.

“Nossos cães foram treinados, primeiramente, para busca e resgate em ambiente de selva e em estruturas colapsadas, mas trabalhamos com eles essas situações do contato com crianças. São cães dóceis e isso facilita a interação. Eles são como um interlocutor da criança com o meio ambiente”, explicou o coronel do Corpo de Bombeiros, Danízio Valente.

As turmas terão atividades durante 45 minutos, acompanhadas por uma equipe multidisciplinar que, além do cão e do cinotécnico, contará com um profissional de educação física e um fisioterapeuta.

“O que a secretaria está procurando fazer nesta primeira fase é sentir a demanda da sociedade. A cinoterapia estava numa fase terminal por falta de quem abraçasse o projeto. Mas, a partir de agora, é sentar com a equipe técnica e pensar na ampliação, conforme o Corpo de Bombeiros disponibilize os cães, estudando uma forma de que não precise finalizar uma turma e iniciar outra, oportunizando que eles sigam sendo assistidos, de forma constante”, pontuou a titular da Seped, Viviane Lima.

Expectativa – Alice dos Santos, de 13 anos, tem síndrome de Down e é filha da dona de casa Regiane Feitosa, de 43 anos. Para a mãe da menina, a expectativa é que a cinoterapia deixe Alice mais tranquila.

“Espero que o projeto deixe minha filha mais calma. Em casa, temos dois cachorros e foi isso que me fez despertar para a melhora dela em relação ao carinho, ao abraço”, contou Regiane, completando que o primeiro contato da menina com os cães do Corpo de Bombeiros a surpreendeu bastante. “Achei que ela fosse ficar assustada pelo porte dos animais, mas ela ficou encantada por eles”.

Madrinha das causas – Desde que conheceu o projeto, a deputada Joana Darc não mediu esforços para que o projeto saísse do papel. A parlamentar se comprometeu a custear os serviços direcionados aos cinco cachorros que irão participar da cinoterapia. Dentre a ajuda, estão itens como acompanhamento veterinário, banho, tosa, alimentação, por exemplo.

“Eu fico muito feliz em ser madrinha desse projeto. Algo que a gente pensou e dedicou amor, carinho e atenção. Hoje, temos uma sala na Seped que muito representa uma luta, de pelo menos uma década, da causa animal. É importante dizer que, além de ajudar, eles também são ajudados porque passam a ser animais mais bem cuidados e parceiros, onde buscamos políticas públicas para dar total suporte para estes animais. Unimos os dois mundos: da causa animal e da pessoa com deficiência. Hoje é um dia para se comemorar”, vibrou a parlamentar.

Lista de espera – Com o número atingido para o início da primeira turma, a Seped faz agora um cadastro para a lista de espera. As pessoas que queiram fazer parte do projeto devem fazer o cadastro na sede da Seped, localizada na rua Salvador, 456, bairro Adrianópolis, em horário comercial. Além da documentação pessoal, é necessário trazer comprovante de residência e laudo médico.
 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Vazamento de óleo pode ter partido de navio irregular, diz Marinha

Vazamento de óleo pode ter partido de navio irreg...


Um morto e 16 presos em operação contra invasão no Maracanã

Um morto e 16 presos em operação contra invasão...


Sejusc e Seas firmam parceria para otimizar atendimento a idosos no Amazonas

Sejusc e Seas firmam parceria para otimizar atendi...


MC Gui pede desculpas após acusações de fazer bullying com criança

MC Gui pede desculpas após acusações de fazer b...


Policia Civil faz operação contra invasão do Maracanã amanhã

Policia Civil faz operação contra invasão do Ma...


Concessão de loteria da raspadinha será leiloada nesta terça-feira

Concessão de loteria da raspadinha será leiloada...


Gás de botijão residencial aumenta para as distribuidoras

Gás de botijão residencial aumenta para as distr...


OEA pede explicações sobre interrupção de contagem de votos na Bolívia

OEA pede explicações sobre interrupção de cont...


"Caso único no mundo", diz Mourão sobre manchas de óleo no Nordeste

"Caso único no mundo", diz Mourão sobre manchas ...


Operação Grand Bazaar investiga fraudes em fundos de pensão

Operação Grand Bazaar investiga fraudes em fundo...