NOTA DE PESAR: Morre Pedro Nunes, Boxeador Amazonense


  • Compartilhar com:
  • Whatsapp
  • Email

Foto Divulgação / Pedro Nunes, Boxeador Amazonense

 

A Secretaria de Estado da Juventude, Esporte e Lazer do Amazonas (Sejel) expressa pesar pelo falecimento de Pedro Nunes, ocorrido na madrugada desta segunda-feira (03/06). Baiano radicado no Amazonas, ele foi um desbravador do boxe amazonense, contribuindo para revelar talentos e oferecendo uma oportunidade para jovens e adultos carentes.

O baiano Pedro Nunes, iniciado no boxe na década de 1970, na mesma escola que viria posteriormente revelar atletas como Acelino Popó Freitas, chegou ao Amazonas com o sonho de desenvolver aqui um trabalho voltado para crianças, jovens e adultos carentes, tendo no boxe a ferramenta ideal, a exemplo do que vivenciou na capital baiana. Depois de alguns anos, instalou-se no Ginásio Zezão, o maior da zona leste da capital amazonense, e com a ajuda de dezenas de empresários, que reconheciam o trabalho de Pedro, montou ringue, comprou material e trabalhou.

Pelo menos cem atletas era iniciados no boxe todos os anos. Entre esses está Maria Marreta que, na década de 2000, trouxe a primeira medalha de ouro do Amazonas em competição nacional. Além de Marreta, muitos outros atletas foram revelados. Mas, de acordo com o próprio Pedro, as maiores vitórias do Ring Boxe, nome do projeto, foram conquistadas fora dos ringues, na luta do esporte contra as mazelas sociais.

“O tempo livre deles é do boxe e, quando vão pra casa, precisam dormir para o dia seguinte. O boxe não dá espaço para as drogas”, dizia Pedro.

Apesar de pouca ajuda institucional, Pedro Nunes nunca paralisou o projeto Ring Boxe, e ano a ano manteve de pé as atividades, inclusive com calendário de competições divulgado com antecedência e cumprido à risca.

O secretário de Estado de Juventude, Esportes e Lazer (Sejel), Caio André de Oliveira, lamentou a morte do treinador de boxe, conhecido popularmente como Ring Boxe. “Pedro era, sem dúvida, a maior referência do Boxe no Amazonas. Perdemos uma grande pessoa de luta e dedicação aos jovens da zona leste. Meus sentimentos aos familiares e amigos”, declarou.

“Pedro Nunes desenvolveu, por pelo menos 20 anos, um trabalho que revelou atletas, salvou vidas e preservou famílias na zona leste de Manaus. A história do Pedro é grande, mas o vazio que deixa é maior ainda, visto que a juventude fica sem atividade, desguarnecida”, lamenta Adérito Penafort Junior, secretário adjunto de Juventude da Sejel.

Pedro Nunes, o “Ring Boxe” teve um mal súbito por volta das 4h30 da madrugada desta segunda-feira (03/06). O Samu foi chamado, mas não conseguiu evitar o óbito.

NOTÍCIAS RELACIONADAS


Abrigo realiza café da manhã beneficente para arrecadar recursos

Abrigo realiza café da manhã beneficente para ar...


Arraial da Terceira Idade marca encerramento do primeiro semestre da FUnATI

Arraial da Terceira Idade marca encerramento do pr...


Teatro Amazonas recebe peça ‘Contrações’ neste fim de semana

Teatro Amazonas recebe peça ‘Contrações’ ne...


Polícia apreende cerca de 20 celulares de pessoas que estavam na casa de Flordelis

Polícia apreende cerca de 20 celulares de pessoas...


Oferta de mais 39 vagas de emprego no Sine Manaus

Oferta de mais 39 vagas de emprego no Sine Manaus...



Em São Paulo, prefeito defende modelo Zona Franca durante seminário da Folha

Em São Paulo, prefeito defende modelo Zona Franca...


Confiança do micro e pequeno empresário cai 9,4% desde o início do ano.

Confiança do micro e pequeno empresário cai 9,4%...


Garantido faz passagem de som no Bumbódromo nesta terça-feira (25)

Garantido faz passagem de som no Bumbódromo nesta...