A saga do Deportivo Lara para chegar a Belo Horizonte contou com mais um imprevisto para o adversário do Cruzeiro desta quarta-feira pela Libertadores. Depois de finalmente conseguir sair da Venezuela e voar para Lima, no Peru, antes de embarcar para o Brasil, o clube ainda teve parte de suas bagagens extraviadas no aeroporto de São Paulo. Para chegar a Belo Horizonte, os jogadores do Deportivo Lara encararam três viagens que totalizaram 56 horas, saindo de Caracas, passando por Lima e Guarulhos antes de chegar a Confins. Os atletas pisaram em solo mineiro por volta das 23h de ontem.


Coluna Ari Mota

Facebook

Parceiros