Foto Divulgação

 

Jogar lixo na rua, agora é crime.

Cenas comuns agora devem desaparecer do cenário da cidade, jogar lixo na rua agora virou crime e sujeito a multa. O cidadão que for flagrado jogando lixo nas ruas de Manaus vai ser notificado. O projeto é de autoria do vereador Plínio Valério (PSDB) e foi sancionado pelo prefeito Artur Neto (PSDB).

ABORDAGEM

A pessoa que for flagrada jogando lixo nas ruas poderá ser abordada em via pública e denunciada aos órgãos competentes, inclusive com participação da polícia.

SEC LIBERA VERBA PARA AS ESCOLAS DE SAMBA

O secretario de Cultura Demilson Novo anunciou o repasse de aproximadamente R$ 4,3 milhões às escolas de samba de Manaus e uma reforma no Centro de Convenções (Sambodromo). Este ano acabou aquela agonia de ficar na expectativa e na dúvida se essa verba viria ou não. O recurso previsto para cada escola do Grupo Especial é de R$ 99.582. Para as escolas do grupo de acesso A, o valor será de R$ 60.856. Enquanto para o grupo de acesso B, R$ 38.727. Já para o grupo de acesso C, será R$ 16.597.

DETALHES

O repasse será feito às escolas que estão adimplentes em conjunto com a Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult). “Tivemos reuniões com as escolas, lutamos para aumentar os valores dos repasses, igualar os cachês com a Prefeitura e nós conseguimos. Foi mais uma conquista para o Carnaval 2018, que é reflexo da dedicação do Governo, de somar esforços para que o espetáculo aconteça da melhor forma para todos”, declarou Denilson Novo

INSEGURANÇA CONTINUA
Apesar da mídia em cima do secretario de segurança e vice - governador Bosco Saraiva, o que se vê em Manaus é uma população apreensiva e com medo de sair as ruas. A insegurança na cidade é latente. Ontem a noite em plena Avenida Carvalho Leal no bairro da Cachoeirinha os passageiros da linha 428 viveram momentos de agonia, quando dois homens entraram no coletivo no ponto em frente ao Hospital Adriano Jorge e anunciaram o assalto.

FUGA TRANQUILHA

Os homens levaram toda a renda do coletivo e vários pertences dos usuários, depois da ação desceram e saíram a pé em direção ao São Francisco. A polícia? A Segurança tão propagada? Ninguém viu!

MANAUS AMBIENTAL APRONTA MAIS UMA

Os Moradores do conjunto residencial Galileia, no bairro Cidade  Nova, zona Norte de Manaus, estão a mais de 72 horas sem água nas torneiras. Eles já buscaram informações junto a empresa irresponsável Manaus Ambiental que prometeu solucionar o problema, mas até a noite de ontem, nada foi resolvido.

Só uma pergunta, a empresa vai compensar os usuário com desconto na tarifa pelos dias sem o precioso líquido?

Coluna Ari Mota

Facebook